Sobre Euvaldo

© Foto do arquivo pessoal da família Macedo

EUVALDO MENDES DE MACEDO FILHO (1952-1982) - nasceu em Juazeiro da Bahia. Poeta, fotógrafo e documentarista, adquiriu grande parte de sua formação na prática, e através de cursos “livres”, realizados na década 70, a exemplo do CURSO DE FORMAÇÃO DE CINEGRAFISTAS, da Universidade Pioneira de Integração Social- UPIS (Brasília-DF) e do CURSO INTENSIVO DE DOCUMENTARISTAS – da Universidade Federal da Bahia / Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Produções fotográficas publicadas: BRAVA GENTE SERTANEJA (portfólio) – na Revista Foto-Câmera n° 08/1980; EUVALDO MACEDO (portfólio) – na Revista Iris n° 329/1980; em PRESENÇA DA CRIANÇA NA AMERICA LATINA (livro-álbum coletivo) – publicação bilíngüe do UNICEF/1980; em O HOMEM BRASILEIRO E SUAS RAIZES CULTURAIS (revista-catálogo) – Exposição 150 anos da Kodak/1980; nas Revistas FOTOBAHIA 79 e FOTOBAHIA 80 (revistas-catálogo do coletivo).

Exposições fotográficas realizadas: TRISTES ANGARIS (individual, 40 fotos) – Hall do Centro Social Urbano de Juazeiro, 1977, Juazeiro/BA; NAS TERRAS DE SÃO SURUBIM (individual, 100 fotos) - Foyer do Teatro Castro Alves, Salvador – BA/1979; ALMAS PENITENTES (individual, 35 fotos) - Galeria do Instituto Cultural Brasil/Alemanha - ICBA, Salvador-BA/1979.

© Foto do arquivo pessoal da família Macedo

Participações em exposições coletivas: FOTOBAHIA 79 (02 fotografias selecionadas) e FOTOBAHIA 80 (02 fotografias selecionadas) - Museu de Arte Moderna, Salvador/BA; 150 ANOS DE KODAK (ensaio sobre Penitentes, 05 fotos) – MASP, São Paulo/1980; HECHO EN LATINOAMERICA II (03 fotos) - Consejo Mexicano de Fotografia, A.C.- México/D.F./1980.

• Publicações póstumas: EUVALDO MACEDO FILHO – FOTOGRAFIAS (livro-álbum de fotos e poesias), 1986, Petrolina-PE; DE APARÊNCIAS E DE COISAS (exposição fotográfica) – SESC – Petrolina/PE, de abril a maio de 2007.

• Produção literária inédita: CAUIM DE CURARE (livro de poesias), 1981.

© Foto do arquivo pessoal da família Macedo

"Fotografar ficou sendo minha missão, minha aproximação dos mistérios, do GRANDE MISTERIO QUE É VIVER.(...) Nunca fotografei para paradas de sucesso. Eu me respeito e a fotografia".

(Euvaldo Macedo Filho)

3 comentários:

Angela Calgam - Fotógrafa disse...

Sem dúvida era um ótimo fotógrafo!
Ótimas exposições !

Angela Calgam - Fotógrafa disse...

Sem dúvida era um ótimo fotógrafo!
Ótimas exposições !

Anônimo disse...

"Charles Cabeça de Boêmio" ou simplesmente "Charles"...figuraça de primeira na vida de todos nós que convivíamos no mesmo barco existencial...Ave Charles! Ave Euvaldo!