EU: isso de mim


Poema e foto: Jaquelyne Costa*

Um toque
a luz corre
marca, petrifica
e eu fico ali
eternizada no papel.
Terei para sempre aquela idade
aquele rosto
aquela roupa
terei para sempre a atmosfera
que me guardava de mim
que me extravasava de mim
saltava de meus olhos
curiosos, em busca de redescobertas.
Um toque
a luz vem ao meu auxílio
e minha imagem escorre de mim
ficarei arrecadada como se tivesse
essa enorme necessidade de ver
que um dia fui essa que hoje
por enquanto ainda sou.
Tentativas, poses,
cores, partes,
todos,
e eu vou sendo construída
como se nunca eu houvesse
como se agora eu vivesse
surgisse de repente
naquela luz que corre
naquela máquina que clica.
Eu sou o meu melhor retrato
das coisas que eu perco e refaço
de mim.
Eu sou aquela matéria viva
que morre, cresce e solidifica
reerguendo-se inteiramente
sem faltar sequer uma estilha.
Eu sou aquilo que eu quero ser
e o que não posso também.
Por vezes sou azul, outras rosa, amarela
preta e branca, contrastada propositadamente.
Eu sou aquelas várias incidências de luzes,
ângulos obtusos, aparências angulosas.
Eu sou apenas isto:
retração luzidia de mim.

Jaquelyne Costa é estudante de jornalismo e poetisa.

4 comentários:

Denise disse...

Li o poema duas vezes e me dei conta que trata de fotografia. Interessante essa forma de dizer a importância da memória intrinseca na fotografia.
Muito 10!

Ilana disse...

Jaque.. mais uma vez: BRAVO!

Jaquelyne A. Costa disse...

Muito bom ver um poema meu por aqui e perceber que duas pessoas ja comentaram...

Fotografia tamb´´em ´´e irma da Poesia!

Obrigada, Equipe MAGEM, Denise e Ilna!!!

Abraços

Flavio Ciro disse...

Claro jackie
A fotografia, coadjuva bem com qualquer texto e esta receita sua vai bem, muito bem.
Na Escola da Ufba, durante, antes ou depois, do que vcs chamam balada, escreviamos alguns fotopoemas, e até, imagine, eu, tive minhas andanças por esta tão nobel, e romantica forma de expressão. Hoje prefiro ler, me prefiro voyer da poesia e produzir fotos, e quem sabe, possa geral escritos incriveis como o seu.
E pra não deixar barato, ja na ultima frase. "Meu coração fica alegre quando o que amo fazer, encontra parceira de tao linda estetica".
Oy vei smir!!!